Yamaha XT-600 Scrambler.

Online
Avatar do usuário

Topic author
Johnny Rook
Moita
Moita
Mensagens: 19
Registrado em: 27 Set 2018, 00:41
Moto:: XT600E 4MW
Estado: RJ
País: Brasil
Status: Online

Yamaha XT-600 Scrambler.

Mensagempor Johnny Rook » 09 Out 2018, 12:11

Hola pessoal.

Primeiro espero que não me apredeien por ter mudado uma XT-600 de uma Trail Japonesa para uma Scrambler de estilo Inglês.

Sempre sofri da doença da personalização e de ter algo único o al menos diferente da maioria, desde meus brinquedos de infância (carrinhos), a te roupa.

O caso es que levo algum tempo de volta ao meu Brasil e precisava de um veiculo, que melhor que uma moto pelo baixo custo de manutenção, os preços das motos novas são imorais e si sumamos o alto índice de roubos, tira a vontade do mais valente.

Dando volta a situação uma y outra vez, encontrei a minha solução, XT-600 essa e a moto, econômica em 2º mão, motor a prova de bombas, ágil e muito manejável.

Adquiri uma XT-600 E do ano 2.000, mais o menos cuidada y com o motor saudável, comecei a recompor ela.

Eu preparei bicilindricas 2T, GTs, Supermotards e Customs, todas essas estradas já haviam feito, não me seduzia repetir, algo novo sempre e estimulante.

Apresento a minha XTZuda.

Imagem

Não está terminada, muito pelo contrario, mas a "burra" começa a tomar a sua forma, na foto na oficina onde fizemos um sistema de escape em Inox, com colectores de desenhos exclusivos, projetados para dar mais saída para os gases, um sistema de megafone traseiro, sem restrições, notei melhoras em alta muito claras com o colector original e um sistema traseiro de mini silencioso que tinha também em estilo Scrambler.

À procura de um estilo de 60 'com materiais atuais, chassis na parte traseira foi lixado e removido os antigos soportes um pouco mais curto, rodas de alumínio, luzes LED (todos), espelhos estilo Ducati, o tanque é uma Honda 750 K3 77' , tampas laterais de um H.D. Road King, pára lama dianteiro de um H.D. Sportster 1200, assento feito sob encomenda em fibra de vidro e estofado com couro sintético.


Imagem

Garfo original com SAE-20, pneu Dianteiro 17, com pneus Pirelli MT 60 em 120/80/17, freios originais, com mangueiras metálicas Aeroquip, todos os parafusos, arruelas e porcas em aço inox polido espelho, grande farol (eu vou mudar isso, não é bom).

Roda traseira em 17 com Pirelli MT-60 130/70, freios originais com mangueira Aeroquip.

Imagem

Guidao, original vou trocá-lo por um de Alumínio (mais leve), painel digital elétrico com multifunções, contagens de voltas com a zona vermelha, na potência máxima do motor (6.500 RPM), mas tenho programado o shift light a 6.000 RPM, suporte feito e pintado por mim.

Imagem

A caixa com o check-in ao virar a chave.

Imagem

Com o primeiro trabalho tive muitos problemas pela falta de conhecimento do cara que começou a moto o pior foi com o tanque de combustível, o B.B.B. (Bom, bonito e barato) é um erro e de vez em quando eu faço isso e é claro que me custa o dinheiro.

Estou em esse momento em uma segunda reforma o depósito removi toda a tinta para a deixar na chapa, foi aberto e vai fazer toda a parte inferior nova, com novos apoios forma de silent blocks (vibrava um pouco), vamos rever a parte de trás do chassi, para eliminar soldas muito grosseiras feitas no trabalho anterior.

Vou continuar com a cor preta que é compatível com o estilo da moto, mandei para o melhor restaurador de depósitos do Rio de Janeiro.

Demora duas semanas e eu vou ficar dois ou três sem moto, depois vou instalar os raios de Inox 4 mm, polindo ou pintando as rodas de Alumínio, para finalmente terminar com uma revisão a fundo dos carburadores e troca de coletores de admissão (este último já os tenho em meu poder) .

Só e querido dar uma oportunidade a esta XT de revelar-se e ser uma inconformista para aquilo em que nasceu.




Avatar do usuário

totó
Zelador
Zelador
Mensagens: 2918
Registrado em: 05 Dez 2003, 08:02
Moto:: XT660Z Ténéré
Estado: RS
País: Brasil
Localização: Westfália
Status: Offline

Re: Yamaha XT-600 Scrambler.

Mensagempor totó » 10 Out 2018, 07:23

Belo trabalho =D> =D> . Inédito numa xt600. :-!

Online
Avatar do usuário

Topic author
Johnny Rook
Moita
Moita
Mensagens: 19
Registrado em: 27 Set 2018, 00:41
Moto:: XT600E 4MW
Estado: RJ
País: Brasil
Status: Online

Re: Yamaha XT-600 Scrambler.

Mensagempor Johnny Rook » 10 Out 2018, 09:07

totó escreveu:Belo trabalho =D> =D> . Inédito numa xt600. :-!



Obrigado totó, nunca tinha tido um monocilíndrico de 4T e a verdade gostei muito da XT-600 e do jeito que eu estou fazendo mais satisfação estou tendo e para que mentir muitas dores de cabeça também.

Um abraço.

Avatar do usuário

Andreaspopo
Matraca
Matraca
Mensagens: 454
Registrado em: 08 Abr 2012, 21:22
Moto:: XT600E 4MW
Estado: SC
País: Brasil
Localização: Indaial-SC
Contato:
Status: Offline

Re: Yamaha XT-600 Scrambler.

Mensagempor Andreaspopo » 11 Out 2018, 09:57

Ficou legal. Uma modificação bem feita
ex Titan 2002
XT225 1997
Tornado 2003
Titan 150esd 2005
XTZ 125e 2006
XT600e 1999(acho que pra sempre)

Urubifrio 2013
2014
2015
2016
2017

Avatar do usuário

LLuiz
Zelador
Zelador
Mensagens: 1296
Registrado em: 26 Jul 2007, 13:46
Moto:: F 800 GS
Estado: PE
País: Brasil
Localização: Recife
Status: Offline

Re: Yamaha XT-600 Scrambler.

Mensagempor LLuiz » 11 Out 2018, 11:33

Parabéns!
Está bem interessante.
Luiz Ferreira
Recife (PE)

Avatar do usuário

Mamão
Mega-blaster Falador
Mega-blaster Falador
Mensagens: 6477
Registrado em: 30 Mar 2007, 09:26
Moto:: Ténéré 250
Estado: SP
País: Brasil
Localização: São Paulo
Status: Offline

Re: Yamaha XT-600 Scrambler.

Mensagempor Mamão » 11 Out 2018, 12:46

Tem alguns que acham uma heresia.

Eu gostei muito.....
[b]Não precisa fazer sentido.
Basta valer a pena[/b]


MAGGION
Colaborativo
Colaborativo
Mensagens: 139
Registrado em: 01 Mai 2006, 21:16
Moto:: Ténéré 2TY
Estado: SP
País: Brasil
Localização: SÃO PAULO
Contato:
Status: Offline

Re: Yamaha XT-600 Scrambler.

Mensagempor MAGGION » 11 Out 2018, 14:33

Johnny Rook escreveu: Imagem


Ficou bonita JOhnny.

Cara onde você conseguiu essa curva de inox?? quanto saiu.? passa o contato para nós.
ATUAL: MAMUTE :-D :-D
EX: XL250R,XL250R(trilha), XLX350, XLX350, CG125FAN, KX250, AGRALE 27.5, BIGORNA PRETA

Online
Avatar do usuário

Topic author
Johnny Rook
Moita
Moita
Mensagens: 19
Registrado em: 27 Set 2018, 00:41
Moto:: XT600E 4MW
Estado: RJ
País: Brasil
Status: Online

Re: Yamaha XT-600 Scrambler.

Mensagempor Johnny Rook » 14 Out 2018, 20:45

Andreaspopo escreveu:Ficou legal. Uma modificação bem feita



Bom analizar si foi bem feita e complicado, melhorar aquilo que engenheiros realizaram nao e para qualquer um, sairão muitos inconvenientes e serão corrigidos.

Mas e uma moto diferente, reduzindo talvez a questão de robô pela sua exclusividade, ademais de gerar trabalho que bem nos falta.

O brasil com sua genialidade debería apoyar ese tipo de ideias, fomenta o trabalho directo e indirecto, ademais de conseguir especializaçoes de interés para o país, como soldadores, técnicos y etc.

Reciclamos aquilo que já está feito e cremos mercados diferentes dos controlados por multinacionais em que o dinheiro voa para fora y de esa manera fica aqui dentro.

So e uma ideia mas para valorizar a nossa sociedade.

Imagem

Online
Avatar do usuário

Topic author
Johnny Rook
Moita
Moita
Mensagens: 19
Registrado em: 27 Set 2018, 00:41
Moto:: XT600E 4MW
Estado: RJ
País: Brasil
Status: Online

Re: Yamaha XT-600 Scrambler.

Mensagempor Johnny Rook » 14 Out 2018, 20:48

LLuiz escreveu:Parabéns!
Está bem interessante.



E divertida, talvez nao seja tao efectiva como uma original, pero a moto nao se adapta a nos y sim nós a moto.

Online
Avatar do usuário

Topic author
Johnny Rook
Moita
Moita
Mensagens: 19
Registrado em: 27 Set 2018, 00:41
Moto:: XT600E 4MW
Estado: RJ
País: Brasil
Status: Online

Re: Yamaha XT-600 Scrambler.

Mensagempor Johnny Rook » 14 Out 2018, 21:03

MAGGION escreveu:
Johnny Rook escreveu: Imagem


Ficou bonita JOhnny.

Cara onde você conseguiu essa curva de inox?? quanto saiu.? passa o contato para nós.


Voce quer saber quem fez? Isso está feito irmão, são dois camaradas de Duque de Caxias, a empresa se chama Arashi um se chama Ailton e o outro Cleber (de origem Japones), os dois são Motoristas antes que qualquer coisa , são uns caras muito bacanas e competentes, levam más de 20 anos no negócio e tem uma empresa que me deixou com a boca aberta, tem uma maquinaria que impresiona, todo tipo de soldar, maquinas para curvar tubos, para martelar diferentes chapas, enfim são capazes de fazer qualquer coisa a nossa imaginação e o limite.

Essa e a sua pagina: http://www.arashiescapamentos.com.br/ e so contactar com eles e trocar ideias, sobre o preço eles pedem pelo escape completo R$-1.100,00. pero se e de fora talvez o transporte se possa incluir no preço, não me arrependo nem um gramo da inversão, ja fiz escapes muito parecidos na Europa e são três vezes mais caros e a qualidade e a mesma sí nao superior a fabricada aqui.

Não tenho medo de recomendar eles pela sua tecnica e seriedade.

Online
Avatar do usuário

Topic author
Johnny Rook
Moita
Moita
Mensagens: 19
Registrado em: 27 Set 2018, 00:41
Moto:: XT600E 4MW
Estado: RJ
País: Brasil
Status: Online

Re: Yamaha XT-600 Scrambler.

Mensagempor Johnny Rook » 14 Out 2018, 21:06

Mamão escreveu:Tem alguns que acham uma heresia.

Eu gostei muito.....



Obrigado pelo reconhecimento, sobre heresias y pecados que atire a primeira pedra que estiver livre de pecado. :cool:

Avatar do usuário

Gerson
Moderador
Moderador
Mensagens: 3989
Registrado em: 27 Mai 2004, 00:29
Moto:: XT660R
Estado: RS
País: Brasil
Localização: Gravatai
Contato:
Status: Offline

Re: Yamaha XT-600 Scrambler.

Mensagempor Gerson » 14 Out 2018, 21:10

Parabéns pelo trabalho Johnny !!! Ficou muito legal !!!! E gosto muito deste estilo Scrambler !!! =D> =D> =D> =D>

Mas sem o para lama trazeiro acho que prá andar na chuva vai ser complicado !!! :D
XVI ENCONTRO NACIONAL DO CLUBE XT - 2019 - RIO GRANDE DO SUL


bicudo&lari
Moderador
Moderador
Mensagens: 4108
Registrado em: 26 Jan 2006, 16:54
Moto:: Freewind
Estado: PR
País: BRASIL
Localização: curitiba
Contato:
Status: Offline

Re: Yamaha XT-600 Scrambler.

Mensagempor bicudo&lari » 15 Out 2018, 07:51

ficou linda, com certeza deu muito trabalho, mas no final a recompensa, parabéns
Atacama - Salar Uyuni - Urubici - Prudentopolis - Nacional Caldas novas - Blumenau - Guaraqueçaba - Caverna do Diabo - Estrada Limeira - Paso Agua Negra - Paso San Francisco

Avatar do usuário

Samuel Singulano
Tia Faladeira
Tia Faladeira
Mensagens: 517
Registrado em: 25 Nov 2014, 12:03
Moto:: XT660R
Estado: MG
País: Brasil
Localização: Coimbra
Contato:
Status: Offline

Re: Yamaha XT-600 Scrambler.

Mensagempor Samuel Singulano » 15 Out 2018, 13:36

Ficou muito bacana! Parabéns!
Viaje por aí não para que o mundo possa te ver, mas para que você possa ver o Mundo!""

Imagem

Colabore com o clube!

Online
Avatar do usuário

Topic author
Johnny Rook
Moita
Moita
Mensagens: 19
Registrado em: 27 Set 2018, 00:41
Moto:: XT600E 4MW
Estado: RJ
País: Brasil
Status: Online

Re: Yamaha XT-600 Scrambler.

Mensagempor Johnny Rook » 15 Out 2018, 19:34

Gerson escreveu:Parabéns pelo trabalho Johnny !!! Ficou muito legal !!!! E gosto muito deste estilo Scrambler !!! =D> =D> =D> =D>

Mas sem o para lama trazeiro acho que prá andar na chuva vai ser complicado !!! :D


E um estilo diferente e fresco, sempre te dá um ar de exclusividade sem ostentação.

Esse "problema" do paralamas estou em ele, quero pasar a parte electrica para debaixo do assento, fazer uma caixa retangular e de la que saia tudo para o resto da motocicleta, tenho alguns conhecimentos de mecânica, pero de eletricidade sou como um zero na esquerda e nao sei se a ideia e boa ou se terá vantagens aunque seja na estética.

Ate nao saber com certeza sobre ese tema, o paralamas está en suspenso.

Obrigado pela força.

Online
Avatar do usuário

Topic author
Johnny Rook
Moita
Moita
Mensagens: 19
Registrado em: 27 Set 2018, 00:41
Moto:: XT600E 4MW
Estado: RJ
País: Brasil
Status: Online

Re: Yamaha XT-600 Scrambler.

Mensagempor Johnny Rook » 15 Out 2018, 19:50

bicudo&lari escreveu:ficou linda, com certeza deu muito trabalho, mas no final a recompensa, parabéns



Deu não, ainda não deixou de dar trabalho, começou perdendo gasolina pelo tanque o cara que fez adaptação (e foi pago), duas vezes fez com que resolvia pero só fazia concertos para que duraram 45 dias, depois de 2 vezes me enrolando, dei como perdido e busquei outro.

Está com um camarada que tem fama de bom no a sunto e deu para ver a merda feita pelo anterior, soldaduras inapropriadas, muita massa para fechar buracos e um interior que se estava desfazendo.

Vai se fazer todo o interior do tanque desde zero e os puntos de fixação sera com silent blocks, levo 30 dias sem moto, tenho que voltar a pintar toda a moto e o custo vai se disparar, si bobeiar já não consigo nem o retorno que investi ainda que a ideia não e ganhar dinheiro com ela, tao pouco era perder muito coando cansar e se as circunstancias forem favoráveis começar outra moto.

De todas maneiras os Kms que já fiz com ela (2.500) me deram muita satisfação.

Online
Avatar do usuário

Topic author
Johnny Rook
Moita
Moita
Mensagens: 19
Registrado em: 27 Set 2018, 00:41
Moto:: XT600E 4MW
Estado: RJ
País: Brasil
Status: Online

Re: Yamaha XT-600 Scrambler.

Mensagempor Johnny Rook » 15 Out 2018, 19:53

Samuel Singulano escreveu:Ficou muito bacana! Parabéns!



Obrigado pela força, sempre dão ânimos para seguir em frente. :-!


MAGGION
Colaborativo
Colaborativo
Mensagens: 139
Registrado em: 01 Mai 2006, 21:16
Moto:: Ténéré 2TY
Estado: SP
País: Brasil
Localização: SÃO PAULO
Contato:
Status: Offline

Re: Yamaha XT-600 Scrambler.

Mensagempor MAGGION » 17 Out 2018, 09:56

Johnny Rook escreveu:
Gerson escreveu:Parabéns pelo trabalho Johnny !!! Ficou muito legal !!!! E gosto muito deste estilo Scrambler !!! =D> =D> =D> =D>

Mas sem o para lama trazeiro acho que prá andar na chuva vai ser complicado !!! :D


E um estilo diferente e fresco, sempre te dá um ar de exclusividade sem ostentação.

Esse "problema" do paralamas estou em ele, quero pasar a parte electrica para debaixo do assento, fazer uma caixa retangular e de la que saia tudo para o resto da motocicleta, tenho alguns conhecimentos de mecânica, pero de eletricidade sou como um zero na esquerda e nao sei se a ideia e boa ou se terá vantagens aunque seja na estética.

Ate nao saber com certeza sobre ese tema, o paralamas está en suspenso.

Obrigado pela força.


Johnny de uma olhada no porta placas MANTIS da Circuit. ou o porta placas universal da Pro Tork.

Ambos tem um desenho parecido e creio que combinem com a sua moto.
ATUAL: MAMUTE :-D :-D
EX: XL250R,XL250R(trilha), XLX350, XLX350, CG125FAN, KX250, AGRALE 27.5, BIGORNA PRETA

Online
Avatar do usuário

Topic author
Johnny Rook
Moita
Moita
Mensagens: 19
Registrado em: 27 Set 2018, 00:41
Moto:: XT600E 4MW
Estado: RJ
País: Brasil
Status: Online

Re: Yamaha XT-600 Scrambler.

Mensagempor Johnny Rook » 17 Out 2018, 21:42

MAGGION escreveu:
Johnny Rook escreveu:
Gerson escreveu:Parabéns pelo trabalho Johnny !!! Ficou muito legal !!!! E gosto muito deste estilo Scrambler !!! =D> =D> =D> =D>

Mas sem o para lama trazeiro acho que prá andar na chuva vai ser complicado !!! :D


E um estilo diferente e fresco, sempre te dá um ar de exclusividade sem ostentação.

Esse "problema" do paralamas estou em ele, quero pasar a parte electrica para debaixo do assento, fazer uma caixa retangular e de la que saia tudo para o resto da motocicleta, tenho alguns conhecimentos de mecânica, pero de eletricidade sou como um zero na esquerda e nao sei se a ideia e boa ou se terá vantagens aunque seja na estética.

Ate nao saber com certeza sobre ese tema, o paralamas está en suspenso.

Obrigado pela força.


Johnny de uma olhada no porta placas MANTIS da Circuit. ou o porta placas universal da Pro Tork.

Ambos tem um desenho parecido e creio que combinem com a sua moto.


Agradeço muito a indicação, mas é muito moderno para o que tenho em mente.

Uma vez feito o tema da caixa debaixo do assento para a eletricidade, tenho em mente duas opções a primeira e um paralama de Bultaco Fronteira 370.

Imagem

Imagem

Feito de plástico e ligeiro, fácil de cortar e barato (30 euros aprox.), conheço bem o produto ja utilizei em uma moto e ficou "redondo".

Outra opção e um paralama carenando uma parte da roda traseira.

Imagem

A foto so e ilustrativa, pero mais o menos assim, intentando que se veja o menos possível.

Estou agora com o tanque de gasolina, todo aberto e refazendo a parte inferior nova, vou aproveitar para fazer uma modificação na ponta dele e ter a vara do óleo menos escondida e quem sabe colocar um termômetro de óleo da RR ali.

De todas maneiras encantado de receber pontos de vistas diferentes e innovadores.

Avatar do usuário

Jhonatam Rezende
Falador
Falador
Mensagens: 270
Registrado em: 09 Ago 2016, 19:45
Moto:: XT600E 4MW
Estado: RJ
País: Brasil
Status: Offline

Re: Yamaha XT-600 Scrambler.

Mensagempor Jhonatam Rezende » 17 Out 2018, 22:26

Johnny Rook escreveu:Hola pessoal.

Primeiro espero que não me apredeien por ter mudado uma XT-600 de uma Trail Japonesa para uma Scrambler de estilo Inglês.

Sempre sofri da doença da personalização e de ter algo único o al menos diferente da maioria, desde meus brinquedos de infância (carrinhos), a te roupa.

O caso es que levo algum tempo de volta ao meu Brasil e precisava de um veiculo, que melhor que uma moto pelo baixo custo de manutenção, os preços das motos novas são imorais e si sumamos o alto índice de roubos, tira a vontade do mais valente.

Dando volta a situação uma y outra vez, encontrei a minha solução, XT-600 essa e a moto, econômica em 2º mão, motor a prova de bombas, ágil e muito manejável.

Adquiri uma XT-600 E do ano 2.000, mais o menos cuidada y com o motor saudável, comecei a recompor ela.

Eu preparei bicilindricas 2T, GTs, Supermotards e Customs, todas essas estradas já haviam feito, não me seduzia repetir, algo novo sempre e estimulante.

Apresento a minha XTZuda.

Imagem

Não está terminada, muito pelo contrario, mas a "burra" começa a tomar a sua forma, na foto na oficina onde fizemos um sistema de escape em Inox, com colectores de desenhos exclusivos, projetados para dar mais saída para os gases, um sistema de megafone traseiro, sem restrições, notei melhoras em alta muito claras com o colector original e um sistema traseiro de mini silencioso que tinha também em estilo Scrambler.

À procura de um estilo de 60 'com materiais atuais, chassis na parte traseira foi lixado e removido os antigos soportes um pouco mais curto, rodas de alumínio, luzes LED (todos), espelhos estilo Ducati, o tanque é uma Honda 750 K3 77' , tampas laterais de um H.D. Road King, pára lama dianteiro de um H.D. Sportster 1200, assento feito sob encomenda em fibra de vidro e estofado com couro sintético.


Imagem

Garfo original com SAE-20, pneu Dianteiro 17, com pneus Pirelli MT 60 em 120/80/17, freios originais, com mangueiras metálicas Aeroquip, todos os parafusos, arruelas e porcas em aço inox polido espelho, grande farol (eu vou mudar isso, não é bom).

Roda traseira em 17 com Pirelli MT-60 130/70, freios originais com mangueira Aeroquip.

Imagem

Guidao, original vou trocá-lo por um de Alumínio (mais leve), painel digital elétrico com multifunções, contagens de voltas com a zona vermelha, na potência máxima do motor (6.500 RPM), mas tenho programado o shift light a 6.000 RPM, suporte feito e pintado por mim.

Imagem

A caixa com o check-in ao virar a chave.

Imagem

Com o primeiro trabalho tive muitos problemas pela falta de conhecimento do cara que começou a moto o pior foi com o tanque de combustível, o B.B.B. (Bom, bonito e barato) é um erro e de vez em quando eu faço isso e é claro que me custa o dinheiro.

Estou em esse momento em uma segunda reforma o depósito removi toda a tinta para a deixar na chapa, foi aberto e vai fazer toda a parte inferior nova, com novos apoios forma de silent blocks (vibrava um pouco), vamos rever a parte de trás do chassi, para eliminar soldas muito grosseiras feitas no trabalho anterior.

Vou continuar com a cor preta que é compatível com o estilo da moto, mandei para o melhor restaurador de depósitos do Rio de Janeiro.

Demora duas semanas e eu vou ficar dois ou três sem moto, depois vou instalar os raios de Inox 4 mm, polindo ou pintando as rodas de Alumínio, para finalmente terminar com uma revisão a fundo dos carburadores e troca de coletores de admissão (este último já os tenho em meu poder) .

Só e querido dar uma oportunidade a esta XT de revelar-se e ser uma inconformista para aquilo em que nasceu.


Ficou top cara!!!!
Esse escape deve ter deixado o trator com um ronco top demais
Parabéns!!!
Deus Viaja Comigo,
E Se Um Dia Eu Não Voltar...
É Que Viajei Com Ele!

Online
Avatar do usuário

Topic author
Johnny Rook
Moita
Moita
Mensagens: 19
Registrado em: 27 Set 2018, 00:41
Moto:: XT600E 4MW
Estado: RJ
País: Brasil
Status: Online

Re: Yamaha XT-600 Scrambler.

Mensagempor Johnny Rook » 17 Out 2018, 22:51

Jhonatam Rezende escreveu:
Johnny Rook escreveu:Hola pessoal.

Primeiro espero que não me apredeien por ter mudado uma XT-600 de uma Trail Japonesa para uma Scrambler de estilo Inglês.

Sempre sofri da doença da personalização e de ter algo único o al menos diferente da maioria, desde meus brinquedos de infância (carrinhos), a te roupa.

O caso es que levo algum tempo de volta ao meu Brasil e precisava de um veiculo, que melhor que uma moto pelo baixo custo de manutenção, os preços das motos novas são imorais e si sumamos o alto índice de roubos, tira a vontade do mais valente.

Dando volta a situação uma y outra vez, encontrei a minha solução, XT-600 essa e a moto, econômica em 2º mão, motor a prova de bombas, ágil e muito manejável.

Adquiri uma XT-600 E do ano 2.000, mais o menos cuidada y com o motor saudável, comecei a recompor ela.

Eu preparei bicilindricas 2T, GTs, Supermotards e Customs, todas essas estradas já haviam feito, não me seduzia repetir, algo novo sempre e estimulante.

Apresento a minha XTZuda.

Imagem

Não está terminada, muito pelo contrario, mas a "burra" começa a tomar a sua forma, na foto na oficina onde fizemos um sistema de escape em Inox, com colectores de desenhos exclusivos, projetados para dar mais saída para os gases, um sistema de megafone traseiro, sem restrições, notei melhoras em alta muito claras com o colector original e um sistema traseiro de mini silencioso que tinha também em estilo Scrambler.

À procura de um estilo de 60 'com materiais atuais, chassis na parte traseira foi lixado e removido os antigos soportes um pouco mais curto, rodas de alumínio, luzes LED (todos), espelhos estilo Ducati, o tanque é uma Honda 750 K3 77' , tampas laterais de um H.D. Road King, pára lama dianteiro de um H.D. Sportster 1200, assento feito sob encomenda em fibra de vidro e estofado com couro sintético.


Imagem

Garfo original com SAE-20, pneu Dianteiro 17, com pneus Pirelli MT 60 em 120/80/17, freios originais, com mangueiras metálicas Aeroquip, todos os parafusos, arruelas e porcas em aço inox polido espelho, grande farol (eu vou mudar isso, não é bom).

Roda traseira em 17 com Pirelli MT-60 130/70, freios originais com mangueira Aeroquip.

Imagem

Guidao, original vou trocá-lo por um de Alumínio (mais leve), painel digital elétrico com multifunções, contagens de voltas com a zona vermelha, na potência máxima do motor (6.500 RPM), mas tenho programado o shift light a 6.000 RPM, suporte feito e pintado por mim.

Imagem

A caixa com o check-in ao virar a chave.

Imagem

Com o primeiro trabalho tive muitos problemas pela falta de conhecimento do cara que começou a moto o pior foi com o tanque de combustível, o B.B.B. (Bom, bonito e barato) é um erro e de vez em quando eu faço isso e é claro que me custa o dinheiro.

Estou em esse momento em uma segunda reforma o depósito removi toda a tinta para a deixar na chapa, foi aberto e vai fazer toda a parte inferior nova, com novos apoios forma de silent blocks (vibrava um pouco), vamos rever a parte de trás do chassi, para eliminar soldas muito grosseiras feitas no trabalho anterior.

Vou continuar com a cor preta que é compatível com o estilo da moto, mandei para o melhor restaurador de depósitos do Rio de Janeiro.

Demora duas semanas e eu vou ficar dois ou três sem moto, depois vou instalar os raios de Inox 4 mm, polindo ou pintando as rodas de Alumínio, para finalmente terminar com uma revisão a fundo dos carburadores e troca de coletores de admissão (este último já os tenho em meu poder) .

Só e querido dar uma oportunidade a esta XT de revelar-se e ser uma inconformista para aquilo em que nasceu.


Ficou top cara!!!!
Esse escape deve ter deixado o trator com um ronco top demais
Parabéns!!!


Pode acreditar o ronco e potente, um dia estando com um pessoal que tinham H.D. big, cuando arrancamos para movernos, escutei dos caras do bar dizendo o ronco de essa Yamaha e melhor que o da Harley. :cool:

Tinha antes outro escape (terminal) tipo Scrambler, pero com este de Inox a moto sobe melhor de giro e quando corto gás e uma segunda sinfonía que escuto (a primeira e cuando acelero).

A vantagem do Inox, e que quando começa a ficar dourado, com uma lixa 2.000 e depois uma 3.000, volta ese estilo como cromado, e muito práctico a limpeza de ele.

Fiz em Duque de Caxias, os caras são fora de série gostei muito, principalmente pela seriedade e profissionalidade.

Um abraço.

Avatar do usuário

Jhonatam Rezende
Falador
Falador
Mensagens: 270
Registrado em: 09 Ago 2016, 19:45
Moto:: XT600E 4MW
Estado: RJ
País: Brasil
Status: Offline

Re: Yamaha XT-600 Scrambler.

Mensagempor Jhonatam Rezende » 17 Out 2018, 23:05

E aí galera, Boa noite!
Passei um bom tempo tentando vender o Xtzão e nunca que conseguia porque não aguentava ver outras pessoas testando . Só de pensar que alguém iria levá-la embora já desistia da venda porque sempre parecia mais linda quando alguém montava para andar e eu ficava de plateia. Com o passar do tempo comecei a me aprofundar na tal da tenerezinha, e assim como na Xt, fui vendo só comentários bons a respeito dela.
Certo dia entrei na concessionária, numa cidade perto da minha, e vi a 18/19 preto fosco com azul e foi amor a primeira vista. Eu tinha que comprar aquela moto e decidi colocar a Xt à venda mais uma vez, no entanto estava bem decidido nessa tentativa. Não deu outra, pois um mês de anúncio, comigo quase desistindo outra vez, apareceu um apaixonado por Xt e levou a danada embora.
Uma semana depois fui na yamaha e peguei a minha Tzinha "Thereza" e estou aí feliz da vida com a aquisição.
Faz 7 meses que estou com ela e já rodei em torno de 13 mil km, não tenho nenhuma reclamação e creio que nem haverá do que me queixar. As vezes sinto falta do "Boi brabo", mas a pequena grande guerreira tem me atendido muito bem em todos os terrenos.
Vou deixar algumas fotos de passeios para a galera.
Anexos
IMG_20180421_104648929.jpg
IMG_20180428_143123485.jpg
IMG_20180809_155129256_HDR.jpg
IMG_20180907_141746881.jpg
IMG_20180907_141746881.jpg (29.28 KiB) Exibido 47 vezes
IMG-20180328-WA0038.jpg
Tirar ela ela 0km da concessionária foi um sonho realizado de ter algo que ninguém tinha usado. Agora que o sonho já foi eu posso comprar outra Xt e voltar a ouvir o tó tó tó pela manhã que disparava o coração kkkkkkkk
IMG-20180909-WA0038.jpg
Deus Viaja Comigo,
E Se Um Dia Eu Não Voltar...
É Que Viajei Com Ele!

Avatar do usuário

Jhonatam Rezende
Falador
Falador
Mensagens: 270
Registrado em: 09 Ago 2016, 19:45
Moto:: XT600E 4MW
Estado: RJ
País: Brasil
Status: Offline

Re: Yamaha XT-600 Scrambler.

Mensagempor Jhonatam Rezende » 17 Out 2018, 23:09

Peço desculpas por postar no local errado. Fui perceber agora! Peço, por favor, que algum moderador possa mover o post para o local correto. Obrigado e um grande abraço meus amigos!
Deus Viaja Comigo,
E Se Um Dia Eu Não Voltar...
É Que Viajei Com Ele!

Avatar do usuário

Jhonatam Rezende
Falador
Falador
Mensagens: 270
Registrado em: 09 Ago 2016, 19:45
Moto:: XT600E 4MW
Estado: RJ
País: Brasil
Status: Offline

Re: Yamaha XT-600 Scrambler.

Mensagempor Jhonatam Rezende » 17 Out 2018, 23:11

Johnny Rook escreveu:Hola pessoal.

Primeiro espero que não me apredeien por ter mudado uma XT-600 de uma Trail Japonesa para uma Scrambler de estilo Inglês.

Sempre sofri da doença da personalização e de ter algo único o al menos diferente da maioria, desde meus brinquedos de infância (carrinhos), a te roupa.

O caso es que levo algum tempo de volta ao meu Brasil e precisava de um veiculo, que melhor que uma moto pelo baixo custo de manutenção, os preços das motos novas são imorais e si sumamos o alto índice de roubos, tira a vontade do mais valente.

Dando volta a situação uma y outra vez, encontrei a minha solução, XT-600 essa e a moto, econômica em 2º mão, motor a prova de bombas, ágil e muito manejável.

Adquiri uma XT-600 E do ano 2.000, mais o menos cuidada y com o motor saudável, comecei a recompor ela.

Eu preparei bicilindricas 2T, GTs, Supermotards e Customs, todas essas estradas já haviam feito, não me seduzia repetir, algo novo sempre e estimulante.

Apresento a minha XTZuda.

Imagem

Não está terminada, muito pelo contrario, mas a "burra" começa a tomar a sua forma, na foto na oficina onde fizemos um sistema de escape em Inox, com colectores de desenhos exclusivos, projetados para dar mais saída para os gases, um sistema de megafone traseiro, sem restrições, notei melhoras em alta muito claras com o colector original e um sistema traseiro de mini silencioso que tinha também em estilo Scrambler.

À procura de um estilo de 60 'com materiais atuais, chassis na parte traseira foi lixado e removido os antigos soportes um pouco mais curto, rodas de alumínio, luzes LED (todos), espelhos estilo Ducati, o tanque é uma Honda 750 K3 77' , tampas laterais de um H.D. Road King, pára lama dianteiro de um H.D. Sportster 1200, assento feito sob encomenda em fibra de vidro e estofado com couro sintético.


Imagem

Garfo original com SAE-20, pneu Dianteiro 17, com pneus Pirelli MT 60 em 120/80/17, freios originais, com mangueiras metálicas Aeroquip, todos os parafusos, arruelas e porcas em aço inox polido espelho, grande farol (eu vou mudar isso, não é bom).

Roda traseira em 17 com Pirelli MT-60 130/70, freios originais com mangueira Aeroquip.

Imagem

Guidao, original vou trocá-lo por um de Alumínio (mais leve), painel digital elétrico com multifunções, contagens de voltas com a zona vermelha, na potência máxima do motor (6.500 RPM), mas tenho programado o shift light a 6.000 RPM, suporte feito e pintado por mim.

Imagem

A caixa com o check-in ao virar a chave.

Imagem

Com o primeiro trabalho tive muitos problemas pela falta de conhecimento do cara que começou a moto o pior foi com o tanque de combustível, o B.B.B. (Bom, bonito e barato) é um erro e de vez em quando eu faço isso e é claro que me custa o dinheiro.

Estou em esse momento em uma segunda reforma o depósito removi toda a tinta para a deixar na chapa, foi aberto e vai fazer toda a parte inferior nova, com novos apoios forma de silent blocks (vibrava um pouco), vamos rever a parte de trás do chassi, para eliminar soldas muito grosseiras feitas no trabalho anterior.

Vou continuar com a cor preta que é compatível com o estilo da moto, mandei para o melhor restaurador de depósitos do Rio de Janeiro.

Demora duas semanas e eu vou ficar dois ou três sem moto, depois vou instalar os raios de Inox 4 mm, polindo ou pintando as rodas de Alumínio, para finalmente terminar com uma revisão a fundo dos carburadores e troca de coletores de admissão (este último já os tenho em meu poder) .

Só e querido dar uma oportunidade a esta XT de revelar-se e ser uma inconformista para aquilo em que nasceu.


Ficou top demais irmão.
Parabéns!
Esse escape deve ter deixado o trator com um ronco lindo.
um abraço
Deus Viaja Comigo,
E Se Um Dia Eu Não Voltar...
É Que Viajei Com Ele!


Was This Topic Useful?

Voltar para “Tés/XT600 Acessórios, Preparação e Gambitech”



Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 2 visitantes